Rocket man

por Nuno A.

.
I think it's gonna be a long long time*
.

Parecia-me uma eternidade, um lugar impossível de alcançar por mais anos-luz que viajasse, esse sítio da última vez que estive comigo. No entanto, o universo, o infinito também possui o seu ciclo e no inesperado das leis cósmicas as distâncias que outrora se assemelhavam abismais tornam-se num repente, e por mão das mais improváveis realidades, banais insignificâncias de metros. Assim foi, uma troca olhares, uma breve informação de luz retida em menos de um segundo despertou-me e o que eu achava apagado da memória emergiu triunfante da treva dos dias para me regressar ao tempo em que tudo aconteceu. Levou-me em retrocesso até essa origem e pelo suceder de imagens eu pude observar, mesmo navegando à velocidade dos astros, os enganos responsáveis pelo meu afastamento. Medo, tudo se tratou do receio que me fez agarrar as mais ilusórias salvações. Mas agora que estou de volta nada disso importa. Eu não sou o homem que vocês vêem na rua, nas praças, na contingência das relações humanas, na furtividade dos encontros clandestinos, aquele que encontram por acaso no café, ou convidam para a intimidade dos vossos lares. E nem o mais profundo vislumbre, nem a mais incisiva técnica de análise lhes pode revelar o homem que por este corpo se vos depara. Da última vez que aqui estive não foi muito agradável, disse e ouvi coisas que não queria. Este lugar não é nada do que falam os sonhos, tudo é frio e sem cor. Não traz qualquer consolo o autoconhecimento. No fim é tudo cinzas, cinzas e nevoeiro. Mas é a minha casa, não tenho outra, e agora que aqui estou quero aproveitar até ao último instante, porque não sei quando irei voltar, não sei quando estarei de volta. É claro que sinto alguma saudade disso aí em baixo, sinto a tua falta e tudo o que quero é trazer-te comigo da próxima vez, tenho essa esperança, mesmo sabendo que tu não irás querer, que isto não é sítio para ti, tenho que manter essa esperança.


*em agradecimento a Sir Elton John

1 comentários:

r. disse...

diferente. interessante, no entanto um menor numero de adjectivos seria perfeito

Enviar um comentário